Celebrando os 15 anos da EFA Dom Fragoso

Desde 1964 a EFA Dom Fragoso foi sendo sonhada e gestada por trabalhadores(as) rurais, despertados(as) por Dom Fragoso, através da força das Comunidades Eclesiais de Base - CEBs, da educação sindical, da luta pela terra e pela vida.

Dom Fragoso, arquivo internet.

1997 encontro das áreas de assentamentos, em Floresta, Independência. 

Camponeses questionaram: “Nós lutamos pela terra e muitos já conquistamos, mas muita coisa continua igual ao tempo em que trabalhávamos nas terras dos outros: o jeito de fazer a agricultura é o mesmo: desmatamento, queimada..., de fazer o criatório... Nossos filhos e filhas continuam estudando em escolas que os prepara para deixar o campo e, muitos continuam migrando. Em que a Comissão Pastoral da Terra - CPT pode nos ajudar a mudar?”

Foto: Encontro áreas de assentamentos, arquivo EFA Dom Fragoso

2001 Criação da Associação Escola Família Agrícola de Independência – AEFAI;

Doação do Pe. Gerardo Fabert para a compra do terreno;

Apoio financeiro de uma comunidade franciscana de Dortmund, Alemanha;

Mutirão para fazer tijolos na Várzea Grande (num local cedido por Zé Maria Pinheiro), onde havia água;

Interrupção da estrada de acesso pela proprietária vizinha;

Abertura de uma nova estrada de 4 km, com recursos próprios.

2002 Criação da Associação Escola Família Agrícola de Independência – AEFAI;

Doação do Pe. Gerardo Fabert para a compra do terreno;

Apoio financeiro de uma comunidade franciscana de Dortmund, Alemanha;

Mutirão para fazer tijolos na Várzea Grande (num local cedido por Zé Maria Pinheiro), onde havia água;

Interrupção da estrada de acesso pela proprietária vizinha;

Abertura de uma nova estrada de 4 km, com recursos próprios.

1º de abril de 2002

Início das atividades na EFA Dom Fragoso, com uma turma de 27 educandos(as), na 5ª série do Ensino Fundamental com Orientação Profissional.

Foto: Casa Caratiús - anos iniciais

Foto: Primeira equipe de monitores e monitoras

Foto: Casa Caratiús - anos iniciais

ANOS INICIAIS

Implantação das unidades de produção: apiário e casa do mel, aviário, aprisco dos ovinos e caprinos, estábulo, pocilga, horta; peixamento do açude; construção de dois barreiros para criação de tilápias; plantio de fruteiras, para o consumo, de forrageiras, para alimentar os animais; construção de um silo; aquisição de um animal com carroça, arado e cultivador.

Visita a Cajazeiras e Aparecida - Paraíba, para conhecer o sistema mandala e construção da mandala;

Colaborações de pessoas e entidades parceiras.